Arquivo do mês: janeiro 2016

Da coleção “Horizontes”

                                                 Selo Imagens

Horizonte em um dos Cânions do Parque Nacional de Aparados da Serra, que fica na divisa entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Lugar especial, com vistas de tirar o fôlego.

IMG_1819

Nascer do sol no Cânion dos Índios Coroados – Aparados da Serra

 

 

Filipinas, um país cheio de encantos.

Selo LugaresUma das maiores riquezas que se adquire durante uma viagem são os amigos. Sou feliz porque tenho vários espalhados pelo mundo e que, sempre que possível, tento rever. No post de hoje vou fazer uma homenagem a um amigo que conheci enquanto estudava na Espanha e que fez aniversário semana passada. Vou falar de seu país, as Filipinas.         

Ser recebida por um amigo local é um luxo, pois lhe permite vivenciar a cultura do povo, seu dia a dia e conhecer lugares que nem sempre seriam escolhidos por um turista. Fui muito bem recebida não só por ele e sua família, mas em todos os lugares que passei por lá. São um povo acolhedor, sorridente e que a comunicação é fácil uma vez que todos falam inglês. Com sorte, alguns ainda falam espanhol como meu amigo.

Coron_Island1

Este é o país mais ocidentalizado do Oriente e, com suas mais de 7000 ilhas, é impossível não imaginar as belas praias que há por lá. Há cenários incríveis como Coron Islands, em Palawan, onde você tem o contraste da rocha vulcânica com o mar azul. Lugares que formam piscinas naturais paradisíacas e onde é possível nadar nas águas transparentes, ou se divertir num passeio de caiaque.Coron_Island4

Coron_Island3Coron_Island2JPG

Outro lugar especial deste país é Banaue (Banawe) e seus terraços de arroz. No meio das montanhas, com cerca de 2000 anos, é um local preservado onde se utilizam as técnicas tradicionais de cultivo deste grão que é primordial para os asiáticos e que está presente em todas as refeições: café, almoço e jantar. Além disso, toda a produção local é orgânica e o turismo ecológico criou um novo mercado para a região. Um lugar que tem a força das tradições de um povo. Muito lindo. Não há como chegar de carro e há trilhas com diferentes extensões e graus de dificuldade. No caminho é possível conhecer quem ainda vive nas casas tradicionais e há pousadas para aqueles que querem curtir por mais tempo as belezas deste lugar.

Banawe2Banawe

A própria capital, Manila, é uma cidade que oferece toda a estrutura de uma cidade grande (com todos seus problemas também), e que possui locais interessantes para conhecer como a parte histórica Intramuros, parques, museus, Universidade, o Mercado de Pérolas, entre outras. Neste mercado é difícil sair sem comprar pelo menos uma! 🙂 São tantas formas, cores, tamanhos e… preços, claro!

Manila                      Manila1

Além dos locais, não deixe de experimentar as frutas (que mesmo sendo frutas tropicais como as nossas, são comidas de maneira diferente, mais verdes e algumas vezes com sal) e o prato típico local, o Adobo! Só de pensar me deu agua na boca…

Coron_Island

Enfim, considere visitar as Filipinas quando for viajar pela Ásia. Mas lembre-se que eu estava com um morador local que dá a tranquilidade de dizer onde ir ou não ir. Então, se você não tem um amigo que vive por lá informe-se previamente sobre os lugares que pretende visitar e os aspectos relevantes dele (acesso, saúde, segurança, hospedagem, etc.), ok?

É uma viagem que vale muito a pena e tem um ótimo custo-benefício!

 

 

 

Da coleção “Horizontes”

Um horizonte de cor azul intensa em Gibraltar, um pedacinho do Reino Unido na costa da Espanha.

Horizonte_Gibraltar

Farol em Gibraltar.

Keukenhof: explosão de cores!

Selo Lugares  A Holanda nos faz lembrar de muitas coisas como moinhos, canais, tamancos e… flores! 🙂 Esta referência está presente até no nome de uma cidade conhecida pela produção de flores no Brasil, Holambra. 

Keukenhof1

Keukenhof2

Amo a natureza, amo cores e amo flores! Então, hoje vou falar de um lugar que me encantou muito por lá: o Keukenhof.  Tinha tanta curiosidade de conhecer este parque que disse às minhas amigas: “volto a Holanda, mas só vou quando o Keukenhof estiver aberto!”. E assim foi.

Keukenhof4

Para quem não conhece, o Keukenhof é um parque que abre durante um período específico do ano e que contém milhares de flores e jardins perfeitamente cuidados e exuberantes. É uma explosão de cores! Ele está localizado há cerca de 1 hora de Amsterdã, com boa acessibilidade e infraestrutura (até free wi-fi para você compartilhar na hora suas fotos) que  vale a pena tirar o dia para desfrutar da beleza do local.

Keukenhof3

Cada ano eles trabalham um jardim especial sobre o tema selecionado. A foto abaixo foi da minha viagem, em 2011, onde o tema foi “Alemanha: Terra dos Poetas e Filósofos”. Este ano o tema será “A Era de Ouro”.

Keukenhof5

Jardim formando o Portão de Brandemburgo

O parque estará aberto este ano de 24 de março à 14 de maio, das  8:00 às 19:30, sendo que a bilheteria fecha às 18h. Os ingressos do parque custam 16 euros para adulto e 8 euros para crianças até 11 anos. Mas você também pode comprar o combinado ônibus (saindo de Schiphol, Leiden, Haarlem ou Amsterdã) +  entrada no parque. Neste caso, por exemplo, saindo de Amsterdã custa 29 euros. E, o melhor, é que você pode comprar o ticket online

Qual a melhor época para visitar? Bem, como o maior atrativo são as flores e a natureza tem seus caprichos, eu esperaria a metade da temporada para visitá-lo. Assim você tem uma probabilidade maior de ver o parque com as flores completamente abertas, na sua exuberância. Além disso, sempre é bom olhar a previsão do tempo, pois o passeio será muito mais agradável sem chuva.

Se você estiver na Holanda no período, não deixe de visitá-lo! É inesquecível.

Olhando ao redor…

Selo Percepções/ExperiênciasSelo Imagens

Olá! Hoje eu vou falar de cenários próximos, daqueles que estão à disposição bem pertinho e nem sempre desfrutamos deles para viajar…

Viajar aqui no sentido do deixar as ideias vagarem livremente, inspirados pela beleza natural ou não. É aquele momento em que se curte uma tremenda sensação de bem-estar e paz simplesmente por estar naquele lugar. Eu confesso que sou uma apaixonada por este tipo de viagem também! Me sinto uma abençoada por estar naquele lugar, naquele momento, como o da fotografia abaixo tirada no bairro da Urca. Não precisa dizer nada… basta viajar na imagem.

Urca_Jan16_Pacha

Sou de fato afortunada por viver em uma cidade que, apesar de seus sérios problemas, possui uma beleza ímpar com suas pedras gigantescas, o mar, o Cristo Redentor…enfim, vários lugares próximos que despertam esta sensação.  

E você, olhando ao redor, que lugares onde você vive te fazem “viajar”? Uma praia? Uma montanha? Um museu? Um parque? Um concerto?

Desejo que sejam vários lugares e que você desfrute deles sempre que possível!