Agra e o Taj Mahal

O encontro com o Taj Mahal é um dos momentos de maior expectativa para quem visita Agra na Índia. Uma das sete Maravilhas do Mundo Moderno, este mausoléu exerce um fascínio, seja pela arquitetura ou pela história de amor que representa, que justifica estar às 5:30 da manhã na sua porta para poder visitá-lo com menos concorrência.

E a primeira visão é impactante. Um ohhhh sai da boca espontaneamente. Sua fachada branca imponente contrastando com a escuridão do portal de entrada ao amanhecer… LINDO!

Taj Mahal ao amanhecer

Ele foi construído em memória da segunda esposa do  imperador Shah Jahan, sua preferida, chamada por ele de Mumtaz Mahal (a Jóia do Palácio) e que faleceu ao dar a luz ao seu 14o filho, em 1630.

A imponência e suntuosidade da construção em mármore branco e detalhes incrustrados chama atenção à distância e se destaca na Detalhe das inscrições na porta principal do Taj Mahalpaisagem. Tanta grandiosidade faz pensar na complexidade e investimento (humano e de dinheiro) feitos para a realização deste projeto. Não só o prédio principal com seus minaretes, mas todo o conjunto dos jardins, mesquita e outros edifícios formam um complexo impressionante, digno de uma das maravilhas do mundo moderno.

Nascer do sol em atrás de um dos minaretes do Taj Mahal

Ter a oportunidade de caminhar por este local com o sol nascendo foi de fato especial. Diferentes cores e nuances que só realçaram a beleza dos detalhes desta obra de arte. Além disso, menos turistas que outros horários. Fica a dica!

Forte de Agra

Também chamado de Forte Vermelho de Agra por conta da cor externa, este forte da época do Império Mongol é considerado um dos mais importantes da Índia. Patrimônio Mundial da Humanidade é uma preciosidade que vale muito a visita.

Se você tiver chance, contrate uma visita guiada. É muita história e detalhes a serem explorados pelos diversos edifícios que compõem esta cidade-palácio fortificada (palácio em mármore, mesquitas, haréns, jardins, sala de audiência, pátios internos, torres, etc.) que ficam muito mais interessantes com as explicações durante o passeio.

Forte de Agra

Um dos fatos que poucos sabem é que o o próprio Shah Jahan acabou seus dias preso pelo filho em uma torre de onde via à distância o Taj Mahal. Após sua morte, ele também foi enterrado no Taj Mahal ao lado de sua amada.

A mistura de estilos, os detalhes das colunas, simetrias, e entalhes nas paredes tornam a visita especial para os amantes da arquitetura, das artes e, claro, da história. 

Detalhes das paredes trabalhadas no Forte de Agra Detalhe nas colunas do Forte de Agra 

Jardim Mehtab Bagh

Jardim Mehtab Bagh com vista para o Taj Mahal

Jardim Mehtab Bagh com vista para o Taj Mahal

Linda foto de Lena Geise – Taj Mahal visto do Jardim Mehtab Bagh ao entardecer.

Para finalizar o dia fomos ao Jardim Mehtab Bagh para contemplar o pôr do sol e outra perspectiva do Taj Mahal.

Visto de longe, com rio Yamuna entre nós, em meio aos jasmins, foi uma experiência especial, de muita serenidade e beleza.

Enfim, Agra é um destino imperdível e que vale muito a pena conhecer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *